Lavanda

Bessarabia, Moldávia

O aroma perfeito para acalmar e relaxar

Poucas coisas proporcionam um relaxamento tão instantâneo como o cheiro de lavanda. Da cor lilás, suas flores contêm óleos essenciais que são usados para conferir um aroma delicioso a 50 produtos da Weleda.

 

As imagens de lavanda muitas vezes mostram os infinitos campos violetas da Provença francesa, mas há outra importante área na Europa que tem sustentado o cultivo em grande escala de lavanda por séculos. A pequena nação da Moldávia, situada entre a Romênia e a Ucrânia, tem apenas 34.000 quilômetros quadrados de território, mas é privilegiada com um clima quente e seco e o solo fértil negro que é a receita de sucesso para grandes vinhedos e pomares.

 

Essa combinação perfeita de clima para o cultivo é o grande alicerce da Moldávia, país que já foi conhecido como um dos maiores produtores mundiais de óleos essenciais. Com o fim da União Soviética em 1992, diversos hectares de lavanda desapareceram, enquanto a população tentava aprender sobre o funcionamento do comércio livre. Desde então, muito mudou neste pequeno país: antigas tradições foram resgatadas e o cultivo de lavanda encontrou um novo sopro de vida.

A lavanda pertence à família Lamiaceae. É um arbusto caracteristicamente pequeno, arredondado, com ramos eretos e bifurcados e numerosas flores roxas e pequenas. As folhas são estreitas e variam em cor, sendo cinza-verde nas laterais superiores e brancas e aveludadas no lado inferior. O gênero tem 25 espécies, das quais as seguintes são usadas na medicina alternativa: Lavandula angustifolia, Lavandula latifolia, Lavandula stoechas e Lavandula hybrida.

Maior projeto de agricultura orgânica do país

Um especialista britânico em desenvolvimento e um engenheiro agrônomo moldávio iniciaram o maior projeto de agricultura orgânica de lavanda no país e ficaram impressionados com o crescimento rápido do projeto. A cooperação com a Weleda, que começou em 2005, certamente pode ser considerada uma das razões para o tamanho do desenvolvimento. A estreita colaboração com Weleda e a perspectiva de cooperação duradoura deu um impulso adicional. “Duzentas famílias de agricultores estão envolvidas e a área de cultivo de lavanda orgânica foi ampliada para cerca de 200 hectares”, diz o especialista britânico em desenvolvimento.

 

As novas plantas têm que esperar três anos entre o plantio e a primeira grande colheita. Mas, em condições favoráveis, a planta pode ser colhida por até trinta anos. As primeiras plantas estavam prontas para a colheita em 2005 e, todo ano desde então, do final de junho a meados de julho, os trabalhadores cortam as flores maduras à mão com foices – um processo trabalhoso, que requer comprometimento e atenção.

A lavanda colhida é processada imediatamente, antes até de deixar o campo, em uma unidade móvel de destilação de óleos essenciais. Isso requer conhecimento de engenharia, cuidado e sensibilidade. Uma equipe de quatro integrantes fica de plantão permanente no decorrer da colheita, recebendo recipientes cheios de flores de lavanda, que são então conectados a uma caldeira móvel e seu ciclo de vapor.

 

O processo de destilação leva cerca de uma hora e, de cada 100 kg de flores de lavanda, apenas um quilo de óleo é extraído. Neste momento, o óleo essencial de lavanda está pronto para ser transportado do campo em barris, que são selados imediatamente. Para garantir a alta qualidade, é extremamente importante que o valioso óleo de lavanda seja armazenado em um lugar fresco antes de exportá-lo para a Weleda.

Efeito calmante

Em tempos antigos, a lavanda foi muito procurada por suas propriedades relaxantes e calmantes. Segundo o conhecimento popular, os elementos encontrados no óleo essencial da planta ajudam a aliviar sintomas de inquietação, insônia, ansiedade, cólicas, indigestão ou problemas de circulação, apesar de não existirem estudos científicos que validem essas afirmações*.

Mas, por meio das parcerias da Weleda na Moldávia, a lavanda tem outro efeito positivo: o parceiro local se beneficia da nossa vasta experiência na análise de óleos essenciais e na aquisição de matéria-prima. Desde que começamos a trabalhar juntos, a produção e a colheita foram otimizadas e soluções para vários problemas menores foram encontradas. Por exemplo: a Weleda está ajudando a encontrar uma solução ambientalmente correta para a compostagem de resíduos de destilação. “É uma situação de benefícios mútuos”, confirmam os parceiros locais. “Só podemos desenvolver a qualidade desejada se trabalharmos juntos”.

 

O impulso econômico e social que o projeto dá à região rural é perceptível depois de dez anos. Como parte das comemorações do aniversário de 90 anos da Weleda, participamos na construção de um centro de saúde e bem-estar na cidade de Minceni, localizada na região. É apenas um exemplo de como parcerias do Weleda podem desenvolver não apenas nossas matérias-primas importantes, mas também as comunidades que as produzem.

 

*Referência

Ingredient

Image of Lavender Ingredients

Óleo de Lavandula Angustifolia

Lavandula Angustifolia Oil

O óleo essencial de Lavandula Angustifolia (alfazema ou lavanda) deriva das panículas frescas da planta e é usado, junto com outros óleos essenciais naturais, para aromatização.