Saúde

A força invisível

Uma placa que diz “Sala de dinamização”, seguida das palavras “Por favor, faça silêncio” e dois pontos de exclamação está pendurada na porta. Isto pode parecer incomum na produção de remédios, mas o silêncio é um pré-requisito para a dinamização

Nem a rotina nem a máquina definem este processo.

Neste processo de fabricação, a substância medicinal é diluída com uma mistura de etanol e água destilada e depois agitada ou "ritmada" à mão. Quando o processo de dinamização estiver em curso nesta sala, fica claro que as portas devem permanecer fechadas e que todos devem fazer silêncio. As janelas estão equipadas com uma tela que proporciona privacidade, mas permite a entrada de luz do dia, porque a boa iluminação é importante para o processo. Mas qualquer outra coisa que possa causar distração fica de fora. Isso mesmo, não há telefones ou computadores na sala também.

É necessário um movimento harmonioso que seja forte o suficiente para fazer o líquido girar e borbulhar.

Helga Betz

Helga Betz faz dinamização há 30 anos. Nem a rotina nem a máquina definem este processo. São pessoas como ela que fornecem os impulsos necessários, de acordo com a ideia de continuar os processos rítmicos da natureza. Este princípio fundamenta o que Betz chama de "tríade" porque a produção de uma dinamização é dividida em três fases: diluição, ritmização e descanso. Hoje, um extrato de Pulsatilla (também conhecido como flor de Pasque) do jardim de ervas medicinais de Weleda deve ser dinamizado. Este processo será usado para produzir a solução original, ou "tintura mãe".. Em um frasco, uma medida da tintura mãe é diluída com uma mistura de etanol e água em proporções predefinidas. Então chega o momento da ritmização, durante a qual se sacode o líquido para a frente e para trás no frasco em um movimento rítmico.

A duração depende do tipo e origem da solução original, se é uma planta ou substância mineral. A Helga Betz senta-se em um banquinho, com uma mão apoiada no fundo do frasco e a outra em volta do pescoço do frasco. A dinamização requer um movimento harmonioso que seja forte o suficiente para fazer o líquido girar e borbulhar. Betz assume esse processo com intensa concentração e forte senso de responsabilidade. Afinal, ela está ajudando a dar às pessoas acesso a remédios de cura. 

O final da fase de descanso é sempre um momento especial: uma potência foi criada.

Por último, mas não menos importante, vem a terceira fase da "tríade": a fase de descanso. Esta é a fase em que Betz repousa o líquido e o deixa descansar. O final da fase de descanso é sempre um momento especial: uma potência foi criada. A tintura mãe Pulsatilla agora tem a potência D1. "D" significa decimal. A Farmacopéia Homeopática (na Alemanha, a HAB) geralmente estipula uma proporção de uma parte de substância inicial para nove partes de excipiente líquido para potências decimais.

Na produção de uma potência D1, a relação tintura mãe-excipiente pode variar dependendo da concentração ou conteúdo da tintura-mãe, de modo que se pode prescrever uma relação diferente.  Quando precisamos de uma potência D3, o líquido precisa ser dinamizado duas vezes mais. Assim, uma parte da solução de potência D1 que acaba de ser produzida é diluída com nove partes de uma mistura de etanol e água. Uma segunda fase de ritmização e depois repouso produz a potência D2 e, na etapa seguinte, o D3. Cada dimanização sucessiva contém menos da substância inicial. Mas, de acordo com os princípios homeopáticos, isso não significa que a substância resultante seja menos eficaz — pelo contrário. A parte essencial da substância inicial, que é sua informação, se apresenta na potência como uma força despertada pelo ritmo.

Helga Betz : "Nunca esquecerei como cheguei à Weleda quando tinha vinte e poucos anos e meu chefe me perguntou se eu gostaria de tentar fazer uma dinamização. Mesmo naquela época, eu já tinha um grande respeito por esta tarefa tão especial que você pode aprender em um programa de treinamento oferecido pela empresa. Na teoria, pode-se explicar o método rapidamente. Um elemento chave, por exemplo, é mover o líquido em um movimento horizontal no formato do numeral oito, que é o símbolo do infinito. Mas a teoria é apenas um aspecto. Nos mais de trinta anos em que venho trabalhando aqui, observei repetidamente colegas tentando dinamizar e se surpreender com a dificuldade de harmonizar o movimento com o próprio ritmo deles. Embora um colega tenha decidido não continuar, no meu caso, foi diferente. Consegui me conectar com o processo imediatamente. Eu sou realmente capaz de realizar uma tarefa tão importante hoje? Eu tenho que me fazer essa pergunta todos os dias. Mais de uma vez, ao longo dos anos, a resposta foi "não". Então você faz outras tarefas por um tempo, até que esteja em condições de retornar ao que enxerga como sua vocação."

Autor

Helga Betz

Weleda Potentizer

Helga Betz realiza dinamização há 30 anos.